Cachorreira ou gateira?

By Vi


 

Eu e a Lú temos uma relação e uma história parecida com os pets, apesar das diferentes motivações, cachorreiras na infância e hoje gateiras assumidas. Sempre fomos muito apaixonadas, e falando por mim sei que sempre fui uma criança felícia, até hoje é difícil de me controlar quando estou na presença deles. Já tive passarinho, coelho, peixinho, e muitos e muitos cachorros. Gatos nunca entraram lá em casa por causa do medo (pavor mesmo) da minha mamadi.

Quando saí de casa senti logo aquela sensação de lar vazio, até um pouco frio, sem carinho… Todo mundo que cresceu com bichinhos consegue entender isso. Acabei convencendo meu namorido da época e peguei um cachorrinho, meu eterno filhote Caju. Hoje já está velhinho e rabugento, mas ainda é meu bebê. Com a vida corrida de cidade grande, pouco tempo em casa, me mudando diversas vezes, o fim do relacionamento, o Caju acabou indo para a casa da minha mãe, um sítio onde ele anda solto, se acha fazendeiro e é muito feliz, rs. Não tive coragem de prendê-lo de novo em um apartamento onde ele ia ficar a maior parte do tempo sozinho.

E a casa ficou de novo vazia, não tem jeito, não consigo me acostumar, e sobre protestos da minha mãe e a ameaça dela em parar de me visitar, acabei adotando duas lindas gatinhas. Vou dizer que é um caminho sem volta, nunca me achei gateira, até tinha um pouco de medo. Herdado, é verdade, da minha amada genitora que passou a minha infância e juventude tentando me convencer de que gatos são animais traiçoeiros e que não se pode confiar. Já falo logo, tudo balela, os gatos são seres encantadores, verdadeiros e ouso dizer até um pouco mágico. Será que alguém duvida de como fui conquistada?

 

Enfim, hoje sou muito feliz com minhas gatinhas que preenchem a casa com muito amor e me fazem sempre companhia. Esse é um post dedicado a acabar com essa falsa propaganda contra os gatinhos. E se você ainda tem medo, tente se aproximar de algum, vai na casa de alguém que tenha esses fofos felinos, mas deixe o preconceito do lado de fora, combinado? Tenho certeza que não vai se arrepender.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Gostou do post? Então comenta, elogia e faça perguntas aqui embaixo nos comentários. Para críticas, espere na linha que nós já iremos atendê-lo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s