Sobre desencontros

By Vi


Tenho visto um monte de gente casando, descasando, voltando… É o eterno ciclo da vida sentimental. Então resolvi escrever um pouco sobre o assunto, já li muito sobre o tema e tenho algumas opiniões formadas por isso, e por experiência própria.

Relacionamentos são foda mesmo, se acostume, as pessoas vêm e vão e não temos nenhum ou quase nenhum controle. E aí surgem as perguntas… Como deixar de gostar? Como não sentir falta ou saudade? Como seguir em frente? Como voltar a confiar e baixar a guarda para o resto do mundo?

Ainda não tenho resposta para nenhuma dessas perguntas, e talvez nunca as encontre. A questão é que a realidade é feita de encontros e desencontros, temos que aceitar e nos acostumar. Alguém pode sair hoje da sua vida, mas quem sabe daqui há duas horas, dois dias ou duas semanas outra pessoa entra?! E aí talvez aquela perda diminua de tamanho e o vazio seja preenchido aos poucos. 

 

Dizem que o tempo cura tudo, não sei, não acredito muito. Acho que o tempo tem o poder de tirar o foco de certos sentimentos, mas eles sempre estarão ali presentes no meio de tantos outros, só que escondidinhos, e é nosso dever cuidar para deixá-los assim e não permitir que voltem  sem serem convidados.

Sei que não é muito comum esse tipo de texto no blog, mas como nada é muito definido resolvi arriscar. É só um teste para ver se dá certo, espero que gostem!

IMG_2380.JPG

Gostou do post? Então comenta, elogia e faça perguntas aqui embaixo nos comentários. Para críticas, espere na linha que nós já iremos atendê-lo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s